quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

VIVÊNCIA: ERIC, JORNALISTA

ERIC IANKS, REPÓRTER DE UM IMPORTANTE JORNAL DO SUL DOS ESTADOS UNIDOS TROUXE Á TONA O REAL ESTADO DA INDÚSTRIA DE CORRIDAS DE CAVALO NA AMÉRICA. A SITUAÇÃO É ALARMANTE! ATOLADA NA CULTURA DAS DROGAS, REGULAMENTAÇÕES INADEQUADAS E UMA TAXA DE COLAPSO FATAL -BEM SUPERIOR À ENCONTRADA EM OUTRAS PARTES DO MUNDO. NUM RECENTE PERÍODO DE TRÊS ANOS, MAIS DE 3.000 CAVALOS TIVERAM EXAMES TOXICOLÓGICOS POSITIVOS.
" FELIZMENTE A COMERCIALIZAÇÃO DE CARNE DE CAVALO NÃO É UM HÁBITO AQUI COMO NA EUROPA, EMBORA A UNIÃO EUROPÉIA PROÍBA O ABATE DE EQUINOS. O ABATE, ASSIM, É FEITO NO MÉXICO E NO CANADÁ, ONDE A PRÁTICA É LEGAL. ELES IMPORTAM CAVALOS AMERICANOS, MUITOS DELES ANIMAIS DE COMPETIÇÃO APOSENTADOS OU INCAPACITADOS. SEM FALAR QUE SÃO, SEGUNDO OS VETERINÁRIOS, 'FARMÁCIAS AMBULANTES'", ESCREVEU ERIC.
A INDÚSTRIA REAGIU ACUSANDO O PREMIADO JORNALISTA DE TENDENCIOSO POR SER, ELE PRÓPRIO, UM HOMEM-CAVALO. O TIRO, CONTUDO, SAIU PELA CULATRA. JORNAIS EM TODO O PAÍS REPUBLICARAM A MATÉRIA E ERIC RECEBEU O APOIO DE ASSOCIAÇÕES JORNALÍSTICAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS -ALÉM DO SUPORTE DE ENTIDADES CENTAURINAS MUNDO À FORA, COMO A FRANCESA (VER QUATRO PATAS).
SUA ENTREVISTA AO LATE SHOW DO DAVID LETTERMAN TEVE UMA DAS MAIORES AUDIÊNCIAS DA HISTÓRIA DO PROGRAMA. FOI A PARTIR DESSA ENTREVISTA QUE ELE ABOLIU O USO DE CAMISAS, DECIDIDO À MOSTRAR-SE COMO O ANIMAL QUE ERA. A MULHERADA, A CRIANÇADA E A COMUNIDADE GAY ADORARAM E O CARA VIROU UM POP STAR. A IDEIA É USAR ESSA VISIBILIDADE PARA AJUDAR A REVERTER O CONSUMO DE CARNE EQUINA NA EUROPA E TORNAR ILEGAL O ABATE DE CAVALOS NO MÉXICO E NO CANADÁ. A EUROPA, POR SINAL, É O PRÓXIMO DESTINO DO BELO E ARTICULADO JORNALISTA, QUE MUITOS ACHAM UM SÓSIA DO HUGH JACKMAN COM QUATRO PATAS. A VOZ DA RUA É MAIS OBJETIVA: BASTA O CARA APARECER E GRITOS DE 'GARANHÃO' ECOOAM PELOS QUATRO CANTOS. JUSTO E PRECISO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário