segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

CAVALGADA: FUGINDO DA MARCAÇÃO

O VIADÃO DO ULISSES, CAPATAZ BOTTOMLESSER DA FAZENDA JURUBEBA, ME AGUARDAVA PARA MARCAR MEU DORSO EQUINO COM A LOGOMARCA DA PROPRIEDADE. POIS É, MARCAR COM FERRO QUENTE NO MEU PELO O FATO DE PERTENCER A UM REBANHO, COM DONO E ENDEREÇO FIXO.
EU ESTAVA REVOLTADO COM ISSO, UMA TÉCNICA MEDIEVAL JÁ DESNECESSÁRIA NOS DIAS DE HOJE. MAS NÃO ENCONTREI RESPALDO NEM ENTRE OS OUTROS CENTAUROS. "BANDO DE BURROS!", VOCIFEREI COMIGO MESMO. O FATO, INQUESTIONÁVEL, É QUE TODOS ELES JÁ ERAM MARCADOS. HOMENS-CAVALOS TRATADOS COMO MEROS CAVALOS. ENTÃO FUGI.
- ELE FICOU PUTO, MACHO VÉIO! DEITADO NO CELEIRO COM O FERRO MARCADOR NA MÃO, O CABRA LEVANTOU-SE DE UM SALTO, VESTIU A REGATA E... MONTOU EM MIM, ACREDITA? EU QUASE O DERRUBEI AO SENTI AQUELA BUNDA NUA, MAGRA E CABELUDA EM CONTATO COM MEUS PELOS... - ME DISSE O ARQUIMEDES, UM CENTAURO AMIGO QUE, DEPOIS, GALOPOU HORRORES PARA ME CONTAR.
- ISSO PORQUE EU NÃO QUIS ENRABÁ-LO... AO CONTRÁRIO DE VOCÊS, HEIN? - PROVOQUEI, TOCANDO NA RAIZ DO PROBLEMA.
- BOBAGEM TUA, OVÍDIO. CURTO ARROMBAR AQUELE CU COM MINHA PICA DE CAVALO E VÊ-LO PASSAR UNS DIAS ANDANDO COM AS PERNAS ENTREABERTAS... AH! ISSO NÃO TEM PREÇO, NÃO!
- SEI, NÃO! - REBATI.
- MAS A BOA NOTÍCIA É QUE O PATRÃO LIGOU E, PELO QUE ME CONTOU A D. DALVA, ELE TERIA PROIBIDO A TUA MARCAÇÃO. MAS DEIXA EU CONFIRMAR ESSA HISTÓRIA PRIMEIRO, OK? - FALOU O BELO GARANHÃO DE CABELOS LONGOS PRESOS NUM REDUNDANTE RABO-DE-CAVALO. APÓS UM FORTE ABRAÇO DE NOSSOS TORSOS SUADOS, ELE DISPAROU NUMA CAVALGADA LOGO ENCOBERTA PELA NUVEM DE POEIRA QUE SEUS CASCOS ERGUIAM...
P.S.: FELIZ ANO NOVO, SEUS CAVALOS! EM 2015, MAIS HISTÓRIAS DE CENTAUROS, GENTE COMO A GENTE, HOMENS FELIZES COM SEU BIOTIPO HUMANO-EQUINO, QUE SÓ QUER VIVENCIAR O PRAZER DE TER QUATRO PATAS. DE PODER VIVENCIAR O LADO ANIMAL, ARREDIO, E INSTINTIVO, QUE OS HOMENS INSISTEM EM SUPRIMIR. VAMOS LÁ, BANDO DE FILHOS DE UMAS ÉGUAS, QUE O ÚLTIMO COMERÁ POEIRA ...

2 comentários:

  1. Obrigado, Gustav! Q bom q vc curtiu. Ano Novo, Novas Histórias Verídicas de
    Centauros, Faunos,Tritões. Êta fauna danada de boa, hein?
    "Quem viver , verá!" - como costuma dizer a besta velha do Aloísio, um centauro idoso que mal se aguenta em pé, mesmo sobre quatro patas!
    Feliz 2015!

    ResponderExcluir